A imaginação no sermão

White diz que, quando se pensa no propósito da imaginação na pregação, algumas pessoas pensam que isto significa decorar a mensagem com história ou poesia.  O sermão fica “embelezado”, mas esta “decoração” não tem função espiritual. A ênfase contemporânea no aspecto indutivo, encarnacional da pregação, todavia, tem auxiliado muito para diminuir esta suspeita negativa.  Para ele, sem imaginação, a verdade de eras passadas não seria aplicável hoje.  E mais: sem imaginação, a lógica, a clareza, a informação e a verdade de um sermão seriam um esforço inútil, pois o “carvão” continuaria sem ser aceso.  As idéias seriam inteligíveis, mas sem peso, significado ou interesse.[i] 

Kastner aponta para esta tensão, a importância do uso imaginativo e indica o caminho para o equilíbrio na pregação:

 

… não podemos reduzir a pregação e o uso de imagens a um exercício racional-cognitivo.  A compreensão contemporânea da mente humana nos adverte contra o uso da lógica e da razão como o mais importante e convincente modo de discurso em religião (em em quase tudo).  Ao mesmo tempo, nossa abordagem também requer que afirmemos uma dimensão cognitiva para o uso de imagens.  Nas imagens, nossos sentimentos e pensamentos se unem; eles encontram forma e expressão… As imagens possuem dimensões afetivas e cognitivas.  Quando fazemos perguntas sobre como melhor podemos pregar em com imagens, nos engajamos em uma empreitada que integra o intelecto e as emoções… Sabemos que apenas quando todas as dimensões da mentem atuam em conjunto a nossa pregação será eficaz em comunicar o Evangelho ao todo da pessoa.[ii] (djj)


[i] White 157, 160

[ii] Kastner, 48

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s