> Formas de usar o título “provocativo”

O título provocativo pode ser utilizado de duas formas:
a) Isoladamente
Neste uso, ele aparece sozinho, como um título normal. Feliz ânimo novo! (Como se nota, ele faz um jogo de palavras com “feliz ano novo”.) Uma atração fatal poderia ser um título de sermão que faz referência a um conhecido filme. O texto bíblico poderia ser um que trata do adultério, como Mateus 5.27-30. Outro título provocativo é Dependência ou morte! Ele foi usado em um sermão na Semana da Pátria, fazendo um trocadilho com a frase histórica de Dom Pedro 1.
b) Com uma frase de apoio
Nesse caso, a frase de apoio torna-se uma espécie de segundo título, tradicional. Esse uso é especialmente útil se o sermão é anunciado dias antes. Exemplos:
– O exemplo dos Três Porquinhos – Como construir uma vida espiritual sólida
– A igreja dos mortos-vivos (Apocalipse 3) – Cuidado com a sua vida espiritual!
– Não tire férias! – Saia de férias, mas não tire férias de Deus.
Um dos riscos desse tipo de título é o sensacionalismo. Baumann cita uma série de exemplos reais de títulos que, na ânsia de provocarem a curiosidade, acabaram sendo bizarros:
– Sexo e a moça solteira (sobre o nascimento virginal de Jesus).
– Porque todo pregador deveria ir ao inferno.
– Um casal de nudista em um parque (sobre Adão e Eva).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s